About Me

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Por que não sou contra o Acordo Ortográfico


Este é o recorte de um jornal de 1920.
Para além de a notícia poder ser considerada atual, até pela tal "conflagração" europeia, está escrita numa ortografia anterior às que conhecemos, com ou sem Acordo. Estou habituada a este tipo de ortografia, tenho vários alfarrábios em casa, e por isso não luto contra o modo como querem que escrevamos, para mim é igual, só quero aprender a fazê-lo bem, seja de um modo ou de outro.


3 comentários:

AnaCristina disse...

ha duas semanas mais ou mens vi uma reportagem na TV...por aqui ainda não é oficial o uso da nova escrita...tanto faz voce escrver de um jeito ou de outro...como tudo aqui...a lei existe mas nao é usada.

Gracita disse...

Oi Felipa
“A amizade é fundamental em nossas vidas. Por isso agradeço a Deus pelas pessoas que ocupam um lugar especial em meu coração. Você é uma delas! Obrigada por seu carinho” E para estreitar os laços da nossa amizade estou lhe oferecendo um singelo mimo. Acesse aqui... http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2014/01/o-valor-de-uma-amizade.html e pegue o seu. Tenha um lindo final de semana.
Beijos com afeto
Gracita

Bia Hain disse...

Oi, Felipa! Passamos pela reforma ortográfica aqui no Brasil há três anos, se não me engano... é estranho, estamos habituados à uma escrita e quando vamos escrevê-la diferente há uma certa resistência... mas faz parte do processo e acabamos por nos adaptar. No fundo, como disse, o importante é escrever corretamente. Esse recorte é uma verdadeira relíquia, lembra uns recortes que meu avô guardava. Um abraço!